A ILHA DAS ALMAS SELVAGENS de H. G. Wells

R$69,00

12x de R$7,12
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Disponível também em E-book:    Google Play   |    Amazon     |    Livraria Cultura 

 

A ILHA DAS ALMAS SELVAGENS,

de H.G. Wells

ENTRE A AVENTURA E A FICÇÃO CIENTÍFICA

 

A ILHA DAS ALMAS SELVAGENS apresenta a aventura de Edward Prendick, náufrago que vai parar em uma ilha isolada, onde estranhos experimentos são realizados pelo Doutor Moreau.

O livro pertence a um ramo dos mais ricos da literatura fantástica ou de aventuras, afirma Braulio Tavares no prefácio desta edição; Prendick não era um aventureiro profissional preparado para enfrentar perigos, mas um homem comum (como o próprio leitor).

Mais de 120 anos de sua publicação, A ILHA DAS ALMAS SELVAGENS permanece atual, principalmente pela reflexão que traz, justificando a reedição deste clássico sombrio e perturbador. A narrativa aborda, como poucas, a onipotência com que os humanos tratam as outras espécies e discute o sempre atual tema da ética na Ciência.

A primeira edição foi lançada no Brasil em 1935, e contou com a tradução de Monteiro Lobato para o já clássico The island of Doctor Moreau, período próximo à versão cinematográfica de A ILHA DAS ALMAS SELVAGENS (1932) de quem a edição brasileira incorporou o nome.

 

CLIQUE AQUI E LEIA O PREFÁCIO

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre o autor: H.G. Wells foi um visionário em sua época e até hoje influencia a Literatura e o Cinema. O escritor inglês é um dos maiores responsáveis pelo surgimento e disseminação da Ficção Científica como gênero literário, e merece uma edição especial que valorize a sua importância. 

 

*

DIZEM POR AÍ....

Resenhas,  matérias, vídeos, podcasts e mais sobre  A ILHA DAS ALMAS SELVAGENS: 

 

“Essa é uma daquelas histórias que precisa compreender além do que é dito na história. Por exemplo, a gente tem uma forte discussão sobre darwinismo social, algo que começava a entrar nas discussões de intelectuais do período. Através das formulações de Charles Darwin sobre a origem e a evolução das espécies, criou-se uma outra vertente que visava pensar a evolução das etnias partindo de um princípio de mais evoluído para menos evoluído. Era mais uma maneira de justificar o preconceito. Isso entrou nas pesquisas de inúmeros sociólogos do período. Em A Ilha das Almas Selvagens vemos uma crítica de Wells a essas formulações e ao mesmo tempo uma citação.”

 

Paulo Vinícius, editor do blog FICÇÕES HUMANAS.             |  LEIA RESENHA COMPLETA AQUI. |

 

*

" O Livro Mais Pertubador de H.G. Wells"

 

Vídeo do prof. Doutor Alexander Meirelles, do canal FANTASTIC CURSOS.            |  ASSISTA AQUI o vídeo no Youtube |

 

*

“Lançado em dezembro de 1932, A Ilha das Almas Selvagens (Island of Lost Souls) foi a primeira adaptação de HG Wells para o cinema falado. O livro era de 1896, e se tornou um dos mais célebres do autor britânico, amplamente conhecido por clássicos como A Guerra dos Mundos e O Homem Invisível.

Com o título original de A Ilha do Doutor Moreau, a trama é sobre um cientista que se refugia em uma ilha do Pacífico para praticar experiências com animais, num ato conhecido como vivissecção (dissecação de animal vivo)”

 

“A ciência tenta criar a vida”, por Ana Paula Laux do LITERATURA POLICIAL.             | LEIA AQUI A MATÉRIA|

 

-------

 

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:

ISBN: 97865868090-08

Autor: H.G. Wells

Tradução: Monteiro Lobato / Prefácio: Braulio Tavares

Ilustração de Guarda: Roberto Rosa / Páginas: 176

Formato: 13,5 X 18,5 cm / Ano: 2020

Coleção: Clássicos Vintage / Encadernação: Capa dura